Acne em adultos: espinha não é coisa de adolescente? - Perla Procianoy


Início > Blog

Acne em adultos: espinha não é coisa de adolescente?
Acne em adultos: espinha não é coisa de adolescente?

Outubro 15, 2019

Acne em adultos é um problema bastante comum, especialmente em mulheres. Espinhas que começam depois da adolescência ou que persistem na idade adulta tem características específicas e necessitam de tratamento adequado.

A acne adulta costuma estar relacionada a fatores hormonais. Em mulheres, é importante avaliar o ciclo menstrual e o uso de anticoncepcional. De forma geral, o médico também deve questionar sobre uso de hormônios e suplementos.

Depois de feito o diagnóstico correto, o tratamento é individualizado para cada paciente, mas sabe-se que uma rotina adequada  de cuidados com a pele (limpeza + hidratação) ajuda muito no controle da acne.

O dermatologista saberá indicar quais produtos devem ser aplicados na pele, buscando equilíbrio entre a eficácia do ativo e as características de cada paciente, evitando irritação ou piora do problema. O uso de hormônios, especialmente anticoncepcional oral, pode ajudar bastante, mas não é a única opção e há alternativas.

É muito comum que tratamentos sistêmicos, com remédios por via oral sejam necessários, mesmo que não se use anticoncepcional. É importante que o tratamento adequado seja implementado o mais breve possível para evitar cicatrizes. Acne em adultos é um tema complexo, que envolve vários aspectos da saúde e e deve ser tratada por médicos dermatologistas. Nem sempre o tratamento inicial funciona como esperado, mas há alternativas para todos os casos. Evite procedimentos ou “tratamentos”com profissionais não qualificados. As marcas podem ser duradouras.


Voltar para Início





Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *